skip to Main Content

Câncer de Próstata

Câncer de Próstata | Dr. Raphael Kato

INCIDÊNCIA

O câncer de próstata é o tumor maligno mais comum no sexo masculino, atingindo 1 em cada 6 homens.

Quando detectados precocemente, a maioria dos tumores estão localizados na próstata e o tratamento atinge altas taxas de sucesso. Existem várias formas de tratamento e essa decisão deve sempre ser individualizada, avaliando as características do tumor e do paciente.

SINTOMAS

A ausência de sintomas relacionados a esse tumor dificulta o seu diagnóstico, daí a importância de consulta urológica de rotina.

Sintomas como dificuldade para urinar, ardência, sangue na urina e perda de peso podem estar relacionados com a doença

QUANDO INICIAR A PREVENÇÃO?

Atualmente, está indicado o rastreamento para o câncer de próstata para todos os homens entre 45 e 70 anos de idade.

Homens com história de câncer de próstata na família devem iniciar o rastreamento mais precocemente, pois nesses casos o risco de tumor é aumentado.

QUAIS EXAMES DEVO FAZER?

  • PSA
  • TOQUE RETAL

Na suspeita ou alteração de algum dos exames, indica-se a realização de uma biópsia de próstata a fim de prosseguir a investigação (BIÓPSIA DE PRÓSTATA).

Câncer de Próstata | Dr. Raphael Kato

TRATAMENTOS:

Caso seja diagnosticado com câncer de próstata a escolha pelo melhor tratamento será baseada no estadiamento do tumor, idade e condições clínicas do paciente.

1. Cirurgia

A prostatectomia radical é a cirurgia realizada para o tratamento o câncer de próstata em estágio inicial ou intermediário.

Ela pode ser feita de diferentes maneiras: aberta, laparoscópica ou robótica.

Consiste na retirada completa da próstata e vesículas seminais.

Após a cirurgia usa-se uma sonda vesical durante 7-14 dias aproximadamente.
Os efeitos indesejados que podem surgir após a cirurgia é a impotência sexual e a incontinência urinária.

2. Radioterapia

Outra opção existente para tratamento de tumores em estágios iniciais ou intermediários.

3. Hormonioterapia

Indicada para pacientes com tumores em estágio avançado ou pacientes com idade avançada e condições clínicas ruins.

Por meio de injeções ou medicamentos orais, o objetivo desse tratamento é retardar a progressão da doença.

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top